top of page

Criar o nome de uma nova marca: desafio ou oportunidade?


Criar o nome para a nova marca de uma empresa, de um produto ou serviço não é um desafio problemático, mas uma oportunidade.


Recentemente, um novo cliente entrou em contato dizendo que estava com um problemão. Estava no Google, tinha feito diversas reuniões, e não conseguia chegar em um novo nome que não existia.

Vale ressaltar que o volume de novas empresas nascendo está alto comparado com outros tempos, fruto de uma economia em progresso e mercados com menos barreiras para novos entrantes.

Chegar num nome autêntico e que não exista é apenas um dos critérios ou pilares de relevância que consideramos aqui na Toomorrow, dentro de um processo estratégico de nomear uma nova marca - o que chamamos de naming.

Acho curioso que, nesse movimento, os empreendedores encaram esse desafio de criar um nome e uma nova marca como um grande problema. E até é, se considerarmos como recurso somente a "intuição", o que antigamente funcionava e hoje não mais, por conta do alto volume de players no mercado.

Hoje em dia existem processos e metodologias baseados em estudos, pesquisas e dados, que geram consistência para tomadas de decisões estratégicas, seja em posicionamento de marca, arquitetura de marcas, identidade visual, logotipo, nome e todas as expressões.

Então, desenvolver uma nova marca profissionalmente e estrategicamente é a melhor oportunidade para nascer sendo diferente, gerando conexões com as pessoas de valor, com autenticidade, coerência e consistência, de modo que faça sentido para as pessoas e construa seu valor ao longo do tempo.


91 visualizações

Comments


bottom of page