top of page

Você sabia que a marca Nokia começou fabricando papel higiênico?

O que você pode aprender com esse caso?


Você provavelmente conhece a marca Nokia por causa dos celulares super resistentes ou pelo famoso "jogo da cobrinha”.










Certo? Não. A marca tem uma história super curiosa e muito mais antiga do que você imagina.

A história da Nokia começou em 1865 no sudoeste da Finlândia como uma fábrica de papel. A pequena indústria transformava lascas de madeira em tábuas e depois, em folhas.

A segunda fábrica foi transferida para região próxima da cidade de Nokia, localizada às margens do rio Nokianvirta e serviu de inspiração para batizar o nome da companhia.

Após a visão de um dos sócios, a Nokia começou aos poucos a entrar no mercado de fornecimento de energia elétrica, perceberam muitas oportunidades e novos produtos.

Em 1962, começaram a fabricar um analisador de pulso, depois produziram capacitores, uma central telefônica e novos equipamentos militares de comunicação e transmissão. (Fotos abaixo)


Só em 1990 a Nokia resolveu focar somente em telecomunicações, após tentar outras categorias.A marca foi pioneira na aplicação de jogos nos equipamentos móveis, como o famoso jogo Snake, que estava pré-carregado em vários aparelhos.

Em 2013 a Nokia anunciou a venda da sua divisão de dispositivos e serviços à gigante Microsoft.

A venda foi positiva para a marca e impediu a falência da empresa.


Hoje a marca está avaliada em torno de US$ 25 bilhões*, distante do que a empresa já valeu um dia, mas seguindo um plano de transformação e adaptação do mercado.



O que você pode aprender com esse caso?

A Nokia hoje é uma marca de valor, mas não foi apenas sorte ou um “passe de mágica”.



A sua história demonstra que a empresa passou por altos, baixos, tentativas, erros e acertos para se manter viva e relevante.


O fato da empresa crescer vendendo papéis higiênicos ou celulares, não garante o sucesso nos dias de amanhã.

As empresas precisam se reinventar e acompanhar as mudanças do mercado, fazendo o que for possível e necessário para se manter relevante na vida das pessoas.


Você precisa cuidar da sua marca durante os momentos de transformação do seu negócio e/ou do mercado.


Cuidar da marca é conseguir comunicar com clareza tudo que a sua empresa oferece hoje, demonstrar seus diferenciais e valores;


Cuidar da sua marca significa ouvir periodicamente seus colaboradores e clientes, para buscar e aplicar melhorias;


A marca muitas vezes é esquecida, na maioria delas por falta de conhecimento.




53 visualizações

Comments


bottom of page